Our Blog

BH não para, então vem com a gente acompanhar a programação dessa semana.

Quintinha Sertaneja

Programação 23/11

O Butchery é um bar/espetinho bem perto aqui do Hostel. Toda quinta a esquina mais charmosa da cidade apresenta a Quintinha Sertaneja.

Nesta quinta tem a estreia de  Juninho Mattos comandando o happy hour. O local sempre tem promoções e rodada dupla na quinta.

Local: Butchery BBQ & Drinks. Rua Gonçalves Dias, 1922.
Entrada: Gratuita
Mais informações: clique aqui

Lord Pub: Pearl Jam & Foo Fighters Cover Brasil

Programação 24/11

Nós sempre damos dicas do Lord por aqui, não é a toa que o pub é um dos queridinhos de BH.

Nessa sexta tem Sigles com Pearl Jam & Foo Fighters Cover. A diversão é garantida!

A casa abre as 21h e os shows tem início a meia noite. Só vai!

Dica: Compre o ingresso antecipado pelo Sympla ou coloque o nome no mural do evento para pagar o menor preço.

Local: Lord Pub
Entrada: A partir de R$20
Mais informações: clique aqui

Atitude Artesanal

Programação 25/11

Nós já falamos sobre o Atitude Artesanal aqui.

O evento segue fazendo o maior sucesso entre os amantes da cerveja artesanal. Dessa vez, o show fica por conta de Andre Porto (Pop nacional e internacional) e Gabriel Laender (Country, folk e surf music).

Confira a lista das cervejarias que já estão confirmadas para a festa:
●Backer
●Wäls
●Falke
●Läut
●Dunk
●Uaimií
●Kud
●Protótio Brew e convidadas

Local: Quintal do Chalé Food Park
Entrada: Antecipada R$5
Mais informações: clique aqui

Cruzeiro x Vasco

Programação 26/11

Neste domingo o Cruzeiro faz sua última partida em casa pelo Campeonato Brasileiro 2017.

O jogo acontece no Mineirão, contra o Vasco da Gama. Para você que quer conhecer o Mineirão, cartão postal de BH, pode aproveitar a oportunidade.

Local: Mineirão
Entrada: A partir de R$20
Mais informações: clique aqui

O SEED vem se tornando uma porta de entrada para jovens empreendedores no mundo dos negócios. O Hostel BH Boutique, felizmente, vem se tornando cada vez mais parceiro dos eventos que acontecem na cidade! Muitos participantes nos escolhem quando precisam passar uma temporada em Belo Horizonte. E desta vez não foi diferente!

Conversamos com Marco Garcia, de 26 anos, que veio de Lima, Peru, para o Brasil juntamente de seu sócio Omar Ruelas como participantes do SEED.

O Que é o SEED?

SEED é um programa para empreendedores do mundo inteiro que querem desenvolver seus negócios em Minas Gerais. E para passar um tempo por aqui, Marco e seu sócio escolheram o Hostel BH Boutique para se hospedarem!

Como Conheceram o SEED?

Os empreendedores conheceram o programa através da Startup Chile, um outro programa muito conhecido na América Latina, que tem parceria com o SEED.  Eles decidiram vir a Belo Horizonte porque acreditam que participar do SEED é uma grande oportunidade para o crescimento da Startup. E para chegar até aqui, Marco relatou que não é muito complicado; eles apenas fizeram uma pré-inscrição e, após uma primeira triagem, participaram de uma entrevista.

A Startup Drop

A Startup dos peruanos chama-se Drop ― a equipe é formada por três integrantes, um Designer Industrial, um Engenheiro Eletrônico e um Engenheiro Industrial. Ela (a Startup) tem como objetivo reduzir a sudorese excessiva. Com isso, eles pretendem diminuir o estigma social das pessoas que sofrem com esse problema.

Como surgiu a ideia?

A ideia surgiu através de um amigo, que os procurou relatando os problemas que enfrentava no dia a dia. Isso funciona da seguinte maneira: o indivíduo a ser tratado coloca a mão em um aparelho que mede a quantidade de suor produzido. Desta forma, é calculada a quantidade de impulsos elétricos a serem transmitidos para que a produção de suor seja reduzida.

Status do Projeto

O aparelho ainda está em fase de testes, portanto não pode ser encontrado para compra. Porém, se você se interessou, saiba que não precisará esperar muito! Marco e seu sócio já estão à procura de parcerias na China para a fabricação do aparelho em grande escala! Também, farão uma campanha de crownfounding aqui no Brasil. A expectativa é que em março de 2018 o aparelho já esteja à venda.

A experiência no BH Boutique Hostel

A impressão de Marco sobre o Brasil é de um país gostoso, bonito e com bom clima. O que ele mais gosta daqui é da comida e de como as pessoas recebem bem os estrangeiros. Sua maior dificuldade em relação à mudança de país foi a burocracia com a Polícia Federal.

Marco e Omar souberam que é possível morar em um Hostel através de outros participantes do SEED que também estão morando por aqui! É a primeira experiência deles em um Hostel e Marco relatou que estão gostando bastante!

Sua Startup vem para BH?

O BH Boutique Hostel é bem flexível e aberto à parcerias. Facilitamos a vinda de diversos grupos à Belo Horizonte. Se você tem uma Startup e irá participar de um evento em Belo Horizonte. Temos preços especiais. Confira!!!

Acesse o nosso site e veja a opção ideal para você. Fique a vontade para curtir nossa página no Facebook ou deixar seu email pra gente mantê-lo(a) informado de tudo que tem de legal por aqui.

Um grande abraço e até a próxima.

 

        

        

[epico_capture_sc id=”1035″]

O que dizer dessa terça com cara de sexta, que a gente já ama? Vem ver então a agenda BH para a semana do feriado.

Tem programação pra todo mundo. Vem conferir as dicas do BH Boutique Hostel.

Mostra de Cinema Nórdico

Agenda BH de 14 a 19/11

agendabh

Nós já falamos sobre a mostra aqui. E ela continua.

Confira a programação para os próximos dias:

14 de Novembro
17:30: Uma Família
19:30: O Hotel

15 de Novembro
17:30: Parentes São Eternos
19:30: Asa Pequena

16 de Novembro
17:30: Histórias de Estocolmo
19:30: Marie Krøyer

17 de Novembro
17:30: Não chore por mim
19:30: Eu Sou Sua

18 de Novembro
17:00: Corações Valentes
19:00: O centenário que saiu pela janela e desapareceu

19 de Novembro
15:00: Mergulho Profundo
17:00: O Guardião das Causas Perdidas
19:00: A Hora do Lince

Local: Cine Sesc Palladium – Avenida Augusto de Lima, 420
Entrada: Gratuito
Mais informações: clique aqui

Circuito Jângalove

Agenda BH 14/11

 

Para os amantes do carnaval esse evento é completamente imperdível.

O carnaval de BH surgiu da iniciativa popular e hoje podemos dizer que temos um time de blocos de responsa.

Nessa terça. os melhores estarão reunidos na Serraria Souza Pinto e você não vai perder, não é mesmo?

Confere a escalação do time:

  • Chama o Síndico
  • Então, Brilha!
  • Havayanas Usadas
  • Me beija que eu sou pagodeiro

Local: Serraria Souza Pinto
Entrada: R$50
Mais informações: clique aqui

Primeira Feijoada da Salumeria

Agenda BH 15/11

 

Nesse feriado, a rua Sapucaí, no bairro Floresta recebe a Primeira Feijoada do Salumeria Central, um restaurante delícia!

Além da Feijoada, que terá o preço de R$10 a cumbuca, a festa contará com petiscos da Salu e do seu vizinho Pecatore Restaurante com porções de peixe e camarão frito, além de cerveja gelada, cachaça e muito samba com Giselle Couto e Maracatu. As pick ups ficam por conta do DJ Rafa.

A programação conta ainda com espaço kids com monitor para divertir a meninada.

Local: Salumeria Central
Entrada: Gratuita
Mais informações: clique aqui

Open Bar e Open Food Mexicano

Agenda BH 16/11

 

Los Mariachis é um bar/pub Mexicano muito animado com o comando da Dj Black Josie tocando hits latinos!

Se você curte uma comida mexicana, vai adorar saber que nessa quinta o bar abre com a proposta de open bar e open food pelo preço de R$69,90 por pessoa.

Se liga no cardápio oferecido:

OPEN FOOD: Crispy Tacos (com exceção do de camarão), Nachos,Quesadilla, Yummy Enchilada de Frango, Frango Ycatán, Killer Burritos, Fritas Los Mariachis, Pakora Mexicana de Frango ao molho de Gengibre, Asinha frita, Buffalo Wings, Mini Churros uma rodada na noite;

OPEN BAR: Água, Refri, Caipirinha e Caipivodka de Limão e Chopp

Local: Los Mariachis
Entrada: R$ 69,90
Mais informações: clique aqui

Sexta no Quintal

Agenda BH 17/11

A gente sempre dá dica do Quintal do Chalé, por aqui, o Quintal é um anexo da famosa casa noturna Chalezinho, é um local moderno e aconchegante.

Nessa sexta o local conta com o show da banda The Unpluggeds, tocando grandes hits do Rock Internacional.

● Confere tmbém quem estará na Área Gastronômica ●

• Gertrudes Gourmet•
(Pizzas Gourmet)
• Boi truck•
(Espetinhos de boi, frango, coração, pra acompanhar aquela cerveja gelada!)
• Tchalo Indian•
(Sanduba Indiano Vegetariano e de Frango/ Pastéis Indianos Vegetarianos e de Frango /Sanduiche Vegano, com legumes: repolho, cenoura, ervilha, pimentões coloridos e cebola!)
•Rock City•
(Hamburguer Gourmet)
• Black Truck•
(Pão de queijo Gourmet, Escondidinhos)
• Fish Truck•
(• Fish Truck•
(Espeto de Tilápia com mussarela a milanesa
Tirinhas de tilápia com maionese gourmet
Espeto de frango com mussarela a milanesa)
• Analu brigadeiros•
(Brigadeiros Gourmet)

Local: Quintal do Chalé Food Park
Entrada: Gratuita
Mais informações: clique aqui

Lançamento! “Domingo de Manhã”

Agenda BH 18/11

Não, você não está louco, e nem nós! Dia 18/11 é sábado mesmo, mas é o lançamento da cerveja “Domingo de Manhã”.

A criação é da  Incógnita Companhia Cervejeira. A mais nova cervejaria de Belo Horizonte, que nasceu do sonho de amigos cervejeiros de panela e que ainda vai trazer muita coisa boa para os amantes da cerveja!

O evento acontecerá no Tasting Room OLEC, e a rua Lavras estará fechada pra galera curtir sem moderação.

No palco, shows com as bandas Steel Liver e Saggaz, agitando a festa com música pra todos os gostos!

Local: Tasting Room WALS x OLEC – Rua Lavras, 380. São Pedro
Entrada: Gratuita
Mais informações: clique aqui

 

Tardes de Primavera – Pedro Morais

Agenda BH 19/11

Pedro Morais é um excelente cantor mineiro. E nesse domingo comemora seus 36 anos de vida nas Tardes de Primavera da Amadoria.

Pra festa ficar ainda mais animada, o evento contará com convidados peso pesados para dar aquela “canja” em homenagem ao cantor.

Local: Amadoria
Entrada: Antecipada R$20
Mais informações: clique aqui

Está passando por aqui essa semana? Veja a agenda BH para os próximos dias.

Tem programação pra todo mundo. Vem conferir as dicas do BH Boutique Hostel.

Mostra de Cinema Nórdico

Agenda BH de 07 a 19/11

agendabh

Promovido pelas embaixadas da Dinamarca, Finlândia, Noruega e Suécia, acontece de 7 a 19 de novembro, no cine do Sesc Palladium,  a Mostra de Cinema Nórdico.

Serão exibidos os melhores filmes produzidos nos últimos anos nesses países.  A Mostra é gratuita, porém os ingressos devem ser retirados 30 min antes de cada exibição.

Programe-se para não perder nadinha:

7 de Novembro
17:30: Mergulho Profundo
19:30: Helsinque, para Sempre

8 de Novembro
17:30: Marie Krøyer
19:30: Histórias de Estocolmo

9 de Novembro
17:30: O Hotel
19:30: O Guardião das Causas Perdidas

10 de Novembro
17:30: O centenário que saiu pela janela e desapareceu
19:30: Corações Valentes

11 de Novembro
15:00: Uma Família
17:00: Asa Pequena
19:00: Não chore por mim

12 de Novembro
15:00: Eu Sou Sua
17:00: A Hora do Lince
19:00: Parentes São Eternos

Local: Cine Sesc Palladium – Avenida Augusto de Lima, 420
Entrada: Gratuito
Mais informações: clique aqui

Forrozim Especial Elino Julião

Agenda BH 08/11

A Benfeitoria é uma casa bem moderna, que apoia a economia colaborativa e fica em um bairro tradicional de BH, o Floresta.

Toda quarta rola um forrozim por lá, e nesta quarta o forró homenageia “Um Sujeito Incrementado”, o nortista Elino Julião, que no dia 13 de novembro completaria 81 primaveras.

A casa abre as 19h e a partir das 20h tem aula de forró com os professores Bel e Lucas, ou seja, não tem desculpa de não saber dançar.

Local: Benfeitoria – Rua Sapucaí, 153. Floresta
Entrada: R$10
Mais informações: clique aqui

CA$H Acústico + Velotrol

Agenda BH 09/11

Nós já falamos sobre as quintas no Lord Pub aqui.

O show fica por conta da banda Ca$h, tocando hits de todos os tempos, passando por todas as décadas gloriosas do rock n’ roll – de Beatles até Imagine Dragons! E logo em seguida, tem o show da banda Velotrol, tocando os clássicos do rock.

Local: Lord Pub – Rua Viçosa, 263.
Entrada: R$ 10,00 de 19h às 21h. A partir de 21h, R$ 20,00 ou R$ 10,00 com nome na lista amiga.
Mais informações: clique aqui

DROP THE BASS

Agenda BH 10/11

Drop Bass é uma festa de Black Music, que acontece pela segunda vez no Distrital, um mercado que virou tradição de boas festas.

Confira o line up de responsa que você encontrará lá:

  • Flora Matos
  • Dj Zeu
  • Dj Jaka
  • Cubanito X Parma

Local: Distrital – Rua Opala. Cruzeiro
Entrada: R$ 30
Mais informações: clique aqui

Pampulha Festa e Cerveja

Agenda BH 11/11

Para quem vem a BH, conhecer a Pampulha é quase um pré-requisito.

O bairro que reúne mais cartões postais da cidade é um passeio imperdível. E quando se pode unir o útil ao agradável melhor ainda, não é mesmo?

Então aproveite esse sábado para conhecer a Pampulha e participar de um evento com bandas de pop rock e cerveja artesanal.

Local: Avenida Otacílio Negrão de Lima, 800 – Pampulha
Entrada: R$10
Mais informações: clique aqui

Mistura Beagá

Agenda BH 12/11

agenda BH

Esse domingo é dia de prova do Enem, para quem vai fazer a prova já demos dicas aqui.

Mas para quem quer aproveitar a cidade aí vai a dica: O mistura Beagá, é um projeto que promete ser a melhor experiência artística, gastronômica e cultural de BH!

O evento acontece no Museu Histórico Abílio Barreto, que, aliás, se não conheceu ainda, aproveite a oportunidade.

A festa tem entrada gratuita e conta com espaço kid, gastronomia, chopp artesanal, música ao vivo e artesanato.

Local: Museu Abílio Barreto – Avenida Prudente de Morais, 202. Cidade Jardim
Entrada: Gratuita
Mais informações: clique aqui

Semana que tem feriado a gente fica como? Super animado! Então vem conferir as dicas, e saiba o que fazer em BH essa semana.

Terça sertaneja – Observatório

O que faz em BH 31/10

A terça sertaneja do Observatório é uma tradição em BH. A noite que lançou a dupla César Menotti e Fabiano continua fazendo sucesso, e nessa terça conta os cantores Anderson Alemão e Matheus Luccato.

Local: Observatório. R. Sen. Milton Campos, 230 – Vila Castela.
Mais informações: https://goo.gl/tVgnjV

 

LORD PUB | VÉSPERA FERIADO!

O que fazer em BH 01/11

Essa semana tem feriado, e na véspera não faltam opções para se divertir na capital mineira.

Nossa sugestão é o Lord Pub, já falamos sobre a casa em outra oportunidade, uma das queridinhas do público, nessa quarta apresenta as bandas Lurex (Queen), Balão Vermelho e Uai Horses (Stones).

As três bandas são incríveis, destaque para a banda Lurex, para os fãs de Queen o show é imperdível.

Dica: Você pode adquirir o ingresso antecipado pelo Sympla, além de pagar o menor preço ganha uma cartela exclusiva de descontos para consumir no bar.

Local: Lord Pub. R. Viçosa, 263 – São Pedro
Entrada: Antecipada R$20
Mais informações: https://goo.gl/GPN3SJ

 

Pré Sinestésica na Amadoria

O que fazer em BH 02/11

Neste feriado, acontece a pré Sinestésica, na Amadoria.

Pré, porque a festa mesmo acontece no dia 11/11. Mas o que é a Sinestésica? Segundo os organizadores do evento “é a nova proposta psico-experimental de vivência festiva cultural, que propõe uma interação completamente recheada de cores, visões, aromas, sabores, texturas e sentimentos. Tudo isso evidentemente misturado com muita musica boa….”, ou seja, uma festa super diferente e animada.

O show fica por conta do Peluqueria, quarteto instrumental que busca referências etno musicais, confluindo com timbres e arranjos contemporâneos para formar uma linguagem assimilada e instigante. Música cigana, raggas indianos e poliritmias afro integram a estética improvisacional e dançante do grupo, formada por Antônio Beirão (baixo acústico/elétrico), William Rosa (bandolim e guitarra), Rafa Nunes (percussão) e Paulo Frois (bateria).

Local: Amadoria. Rua Mucuri, 325 – Floresta
Entrada: Antecipada R$20
Mais informações: https://goo.gl/sZpbKr

 

Jota Quest Acústico | Palácio das Artes

O que faz em BH 03 e 04/11

O Palácio das Artes é um dos cartões postais de Belo Horizonte, já passaram pelo palco, vários grandes artistas. E nessa sexta e sábado, o Palácio recebe o acústico da banda Jota Quest.

A banda mineira, que conquistou o Brasil apresenta alguns de seus grandes sucessos, como “Dias Melhores”, “Amor Maior”, “Só Hoje”, “O Vento”, “Fácil”, “O Vento”, “Do Seu Lado”, “Vem Andar Comigo”, “Dentro De Um Abraço”, “As Dores Do Mundo”, “Encontrar Alguém” entre outros, totalmente repaginados, além de novidades como as canções “Morrer de Amor” (parceria com Alexandre Carlo – Natiruts) e “Pra Quando Você Se Lembrar de Mim” parceria com Wilson Sideral.

Local: Palácio das Artes
Mais informações: https://goo.gl/qvLWhR

 

JACK ROCK BAR | BON JOVEM+ VELOTROL

O que fazer em BH 03/11

Outra casa queridinha dos belo horizontinos é o Jack Rock Bar. Um pub que conta sempre com excelentes bandas de rock.

Nessa sexta, quem anima a festa, são as bandas: Bon Jovem, apresentando cover do cantor Bon Jovi e a Banda Velotrol cantando clássicos do rock. Diversão garantida!

Vale a mesma dica do Lord Pub: Você pode adquirir o ingresso antecipado pelo Sympla, além de pagar o menor preço ganha uma cartela exclusiva de descontos para consumir no bar.

Local: Jack Rock Bar. Av. do Contorno, 5623 – Funcionários
Entrada: Antecipada R$20
Mais informações: https://goo.gl/EZxbBr

BEER CRAWL – Jardim Canadá

O que fazer em BH 04/11

Que BH é a capital dos barzinhos, todo mundo já sabe. O que nem todos sabem é que Belo Horizonte agora é conhecida como Bélgica brasileira, pela produção de cervejas. O seguimento vem crescendo cada vez mais, se tornando assim, uma referência.

Nesse sábado, ocorre o Beer Crawl, inspirado no Pub Crawl que acontece em outros países, o evento faz uma caminhada pelos melhores locais cervejeiros.

Nessa edição o Beer Crawl acontece nas fábricas do Jardim Canadá, sim, você tomará cerveja direto da fonte.

Local: Saída da Cervejaria Sátira. R. Kenedy, 48 – Jardim Canadá
Valor: R$80
Mais informações: https://goo.gl/Hjy32f

WINE- FESTIVAL DE VINHOS

O que fazer em BH 04/11

Todo primeiro sábado do mês acontece o “WINE”, um festival de vinhos, comida e música boa no Quintal do Chalé.

O evento terá os melhores vinhos em taça e garrafa, músicas de jazz ‘n’ pop e área gastronômica.

Programação:
12h às 14h – DJ (jazz, pop, mpb, rock)
14h ás 16h30 – 4 em Ponto (jazz, bossa e brasilidades)
16h30 ás 17h- DJ (jazz, pop, mpb, rock)
17h00 às 19h – Violinista Flávio Kapo
20h30 às 23h – JAM TRIO (Blues e rock’n roll 50’s, 60’s e 70’s)
23h às 00h – DJ (jazz, pop, mpb, rock)

Local: Quintal do Chalé. Av. Professor Mário Werneck, 520/530 – Buritis
Entrada: Antecipada R$5
Mais informações: https://goo.gl/Cd553L

Domingo // Baila Mariachis

O que fazer em BH 05/11

O Los Mariachis é um bar mexicano que alia boa comida com diversão.

Neste domingo, o local terá a DJ Black Josie tocando hits latinos e professores de dança agitando a galera.

Já sabe dançar, quer aprender ou simplesmente quer assistir a galera dando show? O evento é feito para todos.

Local: Los Mariachis. R. Rio Verde, 253 – Sion
Entrada: Antecipada R$10
Mais informações: https://goo.gl/ZPKu8f

Procurando o que fazer em BH? Então continue lendo para saber os eventos desse fim de semana.

Quintal jazz

O que fazer em BH 26/10

A Amadoria é um local super moderno e antenado, que fica em um bairro bem tradicional de BH, o Floresta. Toda última quinta-feira do mês rola o Quintal Jazz por lá.

Nesta quinta, o saxofonista e curador do Quintal Gil Costa convida os músicos e amigos para mais uma noite super animada. O evento contará ainda com a participação especial do cantor Wilson Sideral.

Local: Amadoria. Rua Mucuri, 325, bairro Floresta.
Entrada: R$15 antecipado e R$20 no local
Mais informações: https://goo.gl/nFaCA4

Carlos Nunes/Comi uma galinha e tô pagando o pato

O que fazer em BH 27 a 29/10

Para quem não conhece, Carlos Nunes é um excelente ator aqui de Minas Gerais.

Aliás, se você não conhece está perdendo.

Esse final de semana, Carlos Nunes estará em cartaz no teatro Raul Belém Machado, com o peça “Comi uma galinha e tô pagando o pato”. Na peça o ator faz uma crítica muito bem humorado sobre a política brasileira, vale muito a pena assistir.

Local: Teatro Raul Belém Machado. Rua Jauá, 80, Alípio de Melo
Entrada: R$15
Mais informações: https://goo.gl/cBmytc

Oktoberjever

O que fazer em BH 27/10

 

Stadt Jever pode ser um nome difícil de pronunciar, mas o bar resiste bravamente a dificuldade da língua. O “Jever” como é conhecido é um pub com a temática alemã muito antigo na cidade.

Todos os anos o pub realiza um evento em comemoração a tradicional Oktoberfest. Se você ainda não conhece o “Jever” aproveite para unir o útil ao agradável.

Atenção! Para entrar no evento é necessário adquirir antecipadamente uma camiseta, que dá direito a petiscos. A bebida é paga separadamente.

Local: Stadt Jever
Entrada: R$50
Mais informações: https://goo.gl/VXxWbL

Pigalloween

O que fazer em BH 27 e 28/10

Gosta de música latina? Gosta de dançar? Então achou seu evento.

O Paco Pigalle é uma casa noturna que tem como tema as músicas de todos os cantos do mundo, provavelmente você ouvirá muitos músicas que só tocam lá. O local tem até um palco para a galera dançar, e tem muita gente que dá show mesmo.

Neste final de semana o local comemora o Halloween. Sempre quis ir pra balada fantasiado? Tá aí a oportunidade. Pode ir sem medo que o pessoal vai estar fantasiado sim. E vai ter premiação pra melhor fantasia, welcome drinks, gostosuras ou travessuras e muitos mais.

Local: Paco Pigalle. Av do Contorno, 2314, Floresta
Entrada: R$30
Mais informações: https://goo.gl/m63fYj

Atitude Artesanal – especial Oktoberfest

O que fazer em BH 28/10

Atitude Artesanal é um evento cervejeiro, organizado pelo app Price Beer, e acontece todo último sábado de cada mês no Quintal do Chalé.

O evento começou em junho de 2017, mas já é sucesso entre o público. Além das cervejas, o evento recebe excelentes bandas e ainda conta com foodtrucks, artesanato local e espaço kids.

Vale muito a pena conferir!

Dica: Compre o ingresso antecipadamente para pagar o menor preço.

Local: Quintal do Chalé. Av. Mário Werneck 530, Buritis
Entrada: Antecipada R$5 + R$2 (taxas)
Mais informações: https://goo.gl/6rYVe7

 

Meu vizinho Pardini

O que fazer em BH 28/10

Meu vizinho Pardini é um projeto do laboratório Hermes Pardini que estimula a boa convivência com os vizinhos.

Nesta edição, que acontecerá na praça Floriano Peixoto, o evento terá a seguinte programação:

10h – Rúbia Mesquita | Teatro e Brincadeiras
11h – Grupo Maria Cutia | Circo
12h – Bras Band | Cortejo de Sopros
13h30 – Coral Nossa Senhora do Rosário de Pompéia
14h – Banda Bios
16h – Chico Amaral
18h – Lo Borges Oficial

Local: Praça Floriano Peixoto
Entrada: Gratuita.
Mais informações: https://goo.gl/E4s5H3

Feira no Mercado Distrital

O que fazer em BH 29/10

Um passeio em um mercado distrital é sempre muito legal, não é mesmo?

O Mercado Distrital de Santa Tereza ficou fechado durante muitos anos e teve sua reabertura no ano passado para ocupação cultural.

O bairro Santa Tereza é um ícone de BH, vale a pena a visita.

Local: Mercado Distrital de Santa Tereza
Entrada: Gratuita
Mais informações: https://goo.gl/AqgYPK

No próximo mês, Belo Horizonte contemplará o BHack Conference, um dos maiores eventos sobre segurança da informação do país, que acontecerá nos dias 18 e 19 de novembro na UNA BH, Campus João Pinheiro, em Belo Horizonte.

O que é BHack Conference?

BHack é uma conferência voltada à Segurança da Informação (SI) que teve sua primeira edição em 2012. Devido sua importância, acabou conquistando o cenário, e a conferência passou a acontecer anualmente. E, neste ano, 2017, a BHack dará vida à sua quinta edição.

Desde sua primeira edição, a BHack Conference recebeu mais de mil participantes. O evento tende a agregar conhecimento tanto a gestores quanto técnicos que lidam com segurança da informação através de palestras que abordam temas atuais e relevantes. Até o momento, a BHack já trabalhou com 80 palestrantes incríveis!

Quem estará no Evento?

Muitos palestrantes importantes já estão confirmados para o evento!

Confira alguns deles:

REGILBERTO GIRÃO: Chefe de unidade de segurança orgânica do MPF em Minas Gerais; especialista em Inteligência de Estado, Segurança Pública e Segurança Corporativa. Também, é professor especialista em Segurança da Informação e Comunicações na Faculdade Novos Horizontes (Graduação).

FILIPI PIRES: Atua como Sales Engineer na Trend Micro; realiza palestras de conscientização em empresas para tratar sobre os “perigos da Internet”. Além disso, tem iniciado alguns estudos sobre Análise de Malwares.

MÁRCIO SÁ: Pós-graduado em Inteligência e especializado em criptografia, hoje faz parte do time de segurança da Plataforma Localiza;

DANIEL PERES: Daniel é coordenador da equipe de suporte e implementação da empresa Linux Place Sysadmin Linux; trabalha em projetos de migração, suporte e evolução para Plataforma AWS desde 2013.

THIAGO BORDINI: Diretor de Inteligência Cibernética e Pesquisa na New Space Prevention: Inteligência Cibernética; fundou o StaySafe Podcast e é membro organizador da Cloud Security Alliance Brasil.

JEFERSON PROPHETA: Diretor de Serviços de Segurança para a América Latina; atua como especialista no mercado de Tecnologia da Informação há mais de 20 anos.

RAFAEL HONORATO: Profissional e especialista em Ambientes Unix e Segurança da Informação; atua como Consultor de Segurança da Informação e Sistemas FreeBSD. É Instrutor do Programa de Formação em Administração de Servidores e Sistemas FreeBSB.

Vários outros palestrantes também estarão presentes na quinta edição da BHack Conference e você pode conferir acessando o site ou baixando o app do evento!

Toda a Programação na Palma de Sua Mão

Além de toda a experiência incrível que a BHack proporcionará para os interessados e quem lida com Segurança da Informação, ela também oferece a praticidade de ter todas as informações sobre o evento como a agenda, grade de palestras, descrição de cursos e treinamentos, informações sobre os palestrantes, etc, em qualquer lugar através de um aplicativo disponível para Android.

Para fazer o download é muito simples:

O aplicativo está disponível gratuitamente na Google Play. Basta procurar por BHack e fazer o download! O app é bastante dinâmico e de fácil manuseio; ao lado esquerdo, você encontra um menu que te deixa por dentro de tudo o que acontecerá nos dias do evento e como fazer para chegar lá!

Ganhe 10% de desconto na Hospedagem 

Orgulhosamente, o BH Boutique Hostel  irá apoiar a conferência e oferecemos aos participantes, 10% de desconto na hospedagem.

O evento BHack acontecerá na UNA da João Pinheiro – que fica muito próximo ao Hostel, o que te dá mais um motivo para se hospedar conosco.

Possuímos uma ótima área de lazer, wifi gratuito para mantê-lo sempre conectado, atendimento 24h, área de estudo, computadores, café da manhã, acesso à cozinha, e muito mais para lhe proporcionar conforto e a melhor experiência.

Estamos localizados no centro e todas as atrações da capital estarão pertinho de você. Venha conhecer nosso Hostel, será um prazer!

Para saber mais informações de Como Funciona o hostel, clique aqui.

Onde Comprar seu Ingresso 

A Sympla é a plataforma de venda de ingressos responsável pelos pacotes da BHack. Os dois primeiros lotes promocionais já estão esgotados, mas corre que ainda dá tempo de adquirir o seu.

No momento, você ainda encontra pacotes disponíveis:

  • Aluno UNA: R$ 30,00 (+ R$ 3,00 taxa);
  • 1º LOTE: R$ 80, 00 (+ R$ 8,00 taxa);
  • 1º LOTE + Camisa + Caneca: R$ 130,00 (+ R$ 13,00 taxa);

As vendas estarão disponíveis até o dia 18 de novembro, primeiro dia do evento. Para mais informações sobre os pacotes, acesse o site da Sympla e garanta seu lugar no evento!

Acesse o nosso site e veja a opção ideal para você. Fique a vontade para curtir nossa página no Facebook ou deixar seu email pra gente mantê-lo(a) informado de tudo que tem de legal por aqui.

Um grande abraço e até a próxima.

Uma das coisas mais legais de se fazer durante a vida de estudante, é excursionar. Mas, convenhamos, também pode ser uma baita dor de cabeça para quem organiza a viagem.

Se falamos de um ônibus padrão, lotado, são mais de 40 indivíduos que pagaram para se divertir, contra uma ou duas pessoas responsáveis pelo restante.

Mas, com um planejamento adequado e principalmente, com conhecimento prévio dos possíveis problemas, normalmente, se consegue organizar a excursão e ainda, se divertir no processo.

Pensando nisso, neste artigo, vamos compartilhar alguns pontos importantes sobre como montar uma excursão, desde o princípio.

Mas, para manter os pés no chão, vamos usar um exemplo genérico, de turismo em Belo Horizonte.

Colocando o pingo nos i’s

Com isso, já resolvemos o primeiro item básico de qualquer excursão: sabemos onde queremos ir. As próximas etapas são:

  1. O que queremos fazer lá?
  2. Quando devemos ir?
  3. Como podemos ir?

O primeiro item depende muito do destino, então, em nosso exemplo, vamos assumir que queremos assistir a um clássico de futebol no Mineirão.

Assim, temos um objetivo claro, porém, daí para frente, há muito trabalho por realizar.

Fique de Olho no Relógio

Aproveitando bem o tempo, sempre terá mais coisas para fazer.

É claro que se pode viajar até BH, ver um jogo e voltar em seguida, mas, qual é a graça? Vamos complicar um pouco, imaginando um roteiro básico.

Primeiro, digamos que o jogo seja num domingo, então, planejamos chegar antes, no sábado de madrugada, para aproveitar um dia na cidade.

Precisaremos de um lugar para café da manhã, uma programação de passeio ou, definir o sábado como dia livre (mais provável neste caso) e também, de uma hospedagem.

Depois, no dia seguinte, um horário e local de encontro, para saída rumo ao estádio, sendo que os ingressos, preferivelmente, já deverão estar garantidos.

Terminado o jogo, outro local de reunião e embarcamos de volta, com uma parada para o jantar, em algum ponto da estrada.

Assim, definimos o segundo item: um roteiro que nos dá a exata noção do que precisamos contratar ou comprar antecipadamente.

Os Cuidados Necessários

Na maioria dos casos, uma excursão pode ser definida pela disponibilidade das pessoas interessadas em viajar. Mas, em nosso exemplo, o jogo tem data certa e portanto, não há esta opção.

Seja como for, será preciso fazer um levantamento inicial do número de pessoas, para verificar se é o caso de um ônibus ou uma van.

E qual seja a necessidade de lugares, os cuidados daí por diante são, essencialmente, os mesmos. Todos relacionados à escolha da empresa de transporte.

Escolha da empresa em si: certamente, você procura por preços acessíveis, mas, não se esqueça da segurança. É fundamental checar se a empresa é regularizada, se tem seguro viagem e se possível, até mesmo ver o veículo que será utilizado.

Cobrança dos viajantes: o contrato com a empresa pode ser a vista ou parcelado. No primeiro caso, tudo é relativamente mais simples. No segundo, você terá que se organizar para acompanhar quem está pagando e quem não está. Em alguns casos, abrir uma conta em banco específica pode ser uma boa ideia.

Cuidados durante a estadia: uma dica importante, é estabelecer um contato próximo, baseado em confiança, com o motorista. Afinal, você não quer esquecer ninguém em algum banheiro de estrada ou pior, em BH, ou qualquer que seja o destino. Fora o fato de que ele provavelmente conhecerá a cidade e poderá dar algumas dicas.

Estes pontos te dão uma noção razoável do grau de organização e liderança necessário para fazer tudo funcionar corretamente.

Mas, seguindo estas regras básicas, suas excursões em BH, já estão quase prontas. Faltam apenas alguns detalhes muito importantes: locais de paradas, hospedagem e principalmente, os ingressos.

Como Organizar uma Excursão sem Conhecer o Destino?

Em qualquer excursão, sempre é uma boa ideia pesquisar o destino em sites como o TripAdvisor, mas, também é possível utilizar redes locais.

Dentro do nosso exemplo, você tem um dia livre e portanto, faz sentido se hospedar em boa localização, estando próximo das principais atrações da cidade e também, do Mineirão.

Neste caso, uma boa opção, seria escolher a BH Boutique Hostel. Afinal, é uma excursão estudantil, certo? Nada mais adequado que um Hostel.

Se não sabe como funcionam, você pode entender através  deste artigo. O mais importante, é que, além de ter preços acessíveis e ser bem localizado, a distância até o Mineirão, é de cerca de 20 minutos de carro.

Como bônus para o organizador, o Hostel oferece suporte a todos os detalhes da excursão na cidade.

Conclusão

Neste exemplo, vocês chegarão em BH de madrugada, querendo tomar um café decente e passear pela região. A equipe do Hostel pode indicar lugares, servir o café, etc.

Por estar centralizado em relação as atrações, pode também, servir como ponto de encontro e descanso em suas áreas comuns.

E claro, para não esquecer o principal, pode te ajudar com as informações corretas para conseguir os ingressos com antecedência. Não vamos esquecer do jogo, não é mesmo?

Cumpridas estas etapas, temos uma excursão montada, com segurança, restando apenas, aproveitar a viagem.

Acesse o nosso site para ver a opção ideal para você ou seu grupo. Fique a vontade para curtir nossa página no Facebook ou deixar seu email pra gente mantê-lo(a) informado de tudo que tem de legal por aqui.

Um grande abraço e até a próxima.

[epico_capture_sc id=”1035″]

Se você está lendo este texto, há uma boa chance de que esteja prestes a viver alguns dos melhores anos de sua vida: a faculdade longe da sua cidade natal!

Acredite, seja lá qual for a sua experiência, ela será inesquecível, ainda que certamente, vá enfrentar alguns percalços pelo caminho, como a moradia estudantil, por exemplo.

Para muitos de nós, é a primeira oportunidade de parar de ter uma relação mágica com as coisas.

Sim, porque, quando jovens, jogamos uma roupa suja no cesto e milagrosamente, ele aparece limpa, dias depois, cuidadosamente dobrada e guardada.

Na vida acadêmica, distante de casa, entretanto, tudo isso desaparece. Aí começa um jogo tenso em busca de um equilíbrio entre diversão, estudo e os probleminhas do dia a dia.

Um destes probleminhas, aparece logo de cara, quando começamos a pensar onde e com quem morar.

Exatamente quando surge a ideia de economizar, optando por uma república de estudantes.

República ou Rés Pública de Estudantes?

Você passou no vestibular, então, imagino que saiba a origem da palavra: coisa pública, ou seja, de todos os cidadãos ou, neste caso, de todos os moradores.

O problema é que, na prática, imobiliárias não fazem aluguéis “coletivos”. Uma república para estudantes, sempre tem um único deles, como responsável pelo aluguel e demais contas do imóvel.

E se tem uma coisa muito comum entre estudantes universitários, é o bolso sempre meio vazio.

Além de todos os problemas burocráticos para lidar com proprietários e imobiliárias na hora de alugar um imóvel, você certamente encontrará pelo menos um caloteiro.

Mas, estas não são as únicas dificuldades, então, vejamos algumas dicas de ouro para montar uma república estudantil.

1. O Lugar –  Escolher Direito Evita Muitos Problemas!

Principalmente no caso de república estudantil em prédios, muitos condomínios são avessos à sua presença.

Quando estiver visitando os possíveis locais, sua primeira tarefa é pesquisar os moradores, algo bem simples de fazer.

Converse com todos que encontrar pela frente. Quanto mais caras fechadas encontrar, menos amigável será o ambiente.

Em cidades com grandes universidades, como BH, por exemplo, há prédios praticamente destinados a formação de repúblicas. Prefira estes.

2. O Espaço: A Dura Tarefa de Ter Coisas

Normalmente, você viajará sem nada, precisando conseguir desde um colchão até coisas mais prosaicas, como garfos e facas.

Alguns apartamentos e casas destinados a repúblicas tem mobília, mas, nem sempre. A dica aqui é a seguinte: você não é o único estudante da cidade.

Há muitos outros chegando e também, indo embora. Há toda uma subcultura de venda e doação de móveis e utensílios usados, entre estudantes.

Procure pelos murais com anúncios em sua universidade. Só não espere luxo.

3. A Organização: O Dono do Pedaço é quem Manda?

Finalmente, chegamos a parte dos relacionamentos, sem dúvida, a mais difícil. Basicamente, porque mistura todos os problemas cotidianos, com personalidades muito distintas.

Um problema muito comum é que o “dono” da república para estudantes, aquele que assina o contrato com a imobiliária, seja uma espécie de déspota esclarecido.

Embora seja um comportamento quase inevitável, tende a gerar revolta e eventualmente, motim. Uma boa ideia, é tentar conversar abertamente sobre os problemas da casa.

Mas, melhor ainda, é definir “espaços soberanos”. Ou seja, cada morador deve ter direito a, pelo menos, algum canto com privacidade e liberdade de escolha, desde mobília até a bagunça.

4. Limpeza: Já que Falamos em Bagunça

Algumas pessoas chegam as raias da neurose com limpeza, enquanto outras, extrapolam todos os limites do bom senso na bagunça.

A maioria, se espalha entre estes dois extremos. Você ouvirá muitas pessoas aconselhando a montar escalas de limpeza da casa, dias de lavar a louça e por aí vai.

Até pode funcionar, então, tente se quiser. Mas, conviver com outras pessoas, exige compreensão, sobretudo, quando são todos jovens, vivendo pela primeira vez fora de casa.

A dica é tentar evitar os extremos. Assim como a maioria das pessoas não gosta de sujeira, a mesma maioria, também não gosta de viver sob uma ditadura da limpeza.

5.Contas: O Momento de Aprender a Assumir Responsabilidades

Como dissemos no início, os caloteiros sempre existiram e continuarão existindo. Você encontrará alguns deles, sem dúvida.

E esta talvez, seja a única regra que nunca se deva quebrar. O raciocínio de um caloteiro padrão é o seguinte: deixa de pagar uma conta qualquer e vê o que acontece.

Se a reação for dura, ele pode tanto nunca mais repetir o procedimento e eventualmente, mudar de república, quanto pode, simplesmente, continuar não pagando até ser expulso.

Se a reação for mole, ele irá se aproveitar dos demais indefinidamente. Um único desses seres, pode comprometer a saúde de toda uma moradia estudantil.

6.Comida: Os Empréstimos Não Consentidos

Uma das coisas mais difíceis de garantir em uma república de estudantes, é a propriedade da comida.

Aquele refrigerante gelado que você guardou para outra hora, os últimos dois ovos da casa, aquelas três fatias de pão que sobraram, seja o que for, não necessariamente tem dono.

Funciona mais ou menos como a limpeza: você pode tentar etiquetar e separar espaços e prateleiras para cada morador, mas, na verdade, será muito difícil evitar pequenos “furtos”.

Mais uma vez, a dica é usar o bom senso: sumiços eventuais de comida, não devem ser um problema. Desaparecimentos constantes, sim.

7.Estudos e Festas: Nem Tudo é Lindo

Um último problema está na combinação de horários e interesses. Embora todos sejam amigos no início, ao longo do tempo as coisas mudam.

Se nos primeiros momentos, todos estarão empolgados, querendo festejar a vida nova, após algum tempo, uma rotina acabará se estabelecendo.

É neste ponto que alguns se distanciam de outros, pelos hábitos mais festeiros, reclusos, estudiosos ou o que seja.

Encontrar um ponto de equilíbrio, neste caso, dependerá muito da boa vontade do grupo. Em geral, os hábitos majoritários vencem e os incomodados, que se acostumem, ou se mudem.

Antes de Encerrar: Uma Dica Bônus

Tudo que expusemos acima, se aplica a convivência humana, mas, principalmente, se aplica as repúblicas tradicionais.

Atualmente, existe pelo menos uma alternativa que elimina boa parte destes incômodos: os Hostels, cujo funcionamento geral, você pode descobrir aqui.

Se o seu caso for o de se mudar para Minas Gerais, para montar uma república em BH, você não precisa, necessariamente, lidar com aluguel e muitos dos demais problemas relacionados.

Conheça a BH Boutique Hostel e veja as opções para quem quer criar uma república entre amigos, mantendo os benefícios da aventura e descartando os percalços desnecessários.

De resto, independente da sua escolha, procure aproveitar esta fase. Ela passa muito mais rápido do que você pode imaginar.

Acesse o nosso site e veja a opção ideal para você. Fique a vontade para curtir nossa página no Facebook ou deixar seu email pra gente mantê-lo(a) informado de tudo que tem de legal por aqui.

Um grande abraço e até a próxima.

Se tem uma característica que define os estudantes, é a falta generalizada de dinheiro. Você até pode ser um dos poucos privilegiados que tem uma mesada gorda, mas, é a exceção, não a regra.

Assim como, pode ter um emprego, embora, em geral, a remuneração que conseguimos nesta idade, seja baixa.

Para os que gostam de se aventurar pelas estradas, então, a vida é mais difícil ainda. Viajar barato, exige saber aproveitar oportunidades e não esperar grandes luxos.

Mas, por outro lado, o improviso destas aventuras com pouco dinheiro, pode ser a parte mais divertida da coisa toda.

Isso porque, bem pensado, viajar de formas alternativas, nos força a encarar situações novas, conhecer pessoas diferentes e consequentemente, ter experiências inesquecíveis.

Melhor ainda se, como dissemos, você souber aproveitar bem as oportunidades, como por exemplo, o programa ID Jovem, do governo federal.

O que é ID Jovem?

Nunca ouviu falar? Vamos explicar.

ID Jovem: Passagem Interestadual Mais em Conta ou, Na Faixa!

Isso mesmo, meus caros. Pelo menos no que diz respeito ao transporte, é possível viajar grátis pelo país.

Conheça os Requisitos

Basta se enquadrar na faixa etária (15 a 29 anos) e outros pré requisitos:

  • Tendo a idade certa, não é preciso ser estudante;
  • Renda familiar mensal de até dois salários mínimos;
  • Paciência para cumprir a burocracia exigida.

Mas, antes de falarmos sobre a burocracia, os benefícios não se resumem as passagens interestaduais.

Como se trata de um programa cultural, também inclui a meia entrada em eventos artísticos, incluindo shows em BH, ou outras cidades que você sempre quis conhecer.

Portanto, o conceito do programa Identidade Jovem, é permitir que pessoas de baixa renda, tenham acesso à imensa riqueza cultural deste país.

Ou seja, funciona de maneira similar à carteira de estudante, mas, sem a exigência de ser estudante.

Porém, como dissemos, há a burocracia e como de hábito, isso envolve alguma paciência, mesmo com a informatização atual.

No entanto, uma vez feito o cadastro, até estourar a idade, você estará apto a fazer quantas viagens quiser, ou puder. Vejamos os trâmites necessários.

Nem Tão Complicado Quanto Parece

Indo direto ao ponto, existem duas exigências cadastrais prévias, para acesso ao programa:

  • Cadastro Único do Governo Federal: aqui está a verdadeira burocracia e o cadastro é familiar, não individual. É necessário estar no banco de dados há 24 meses, com todos os dados atualizados. Mais informações aqui.
  • NIS (Número de Identificação Social): ao realizar o cadastro único, este número estará no chamado Cartão Cidadão, mas, também está na Carteira de Trabalho ou no extrato do FGTS do responsável familiar.

De forma geral, tudo pode ser resolvido online, através da Caixa Econômica Federal, mas, para quem ainda não tem o cadastro único, a trama é um pouco mais complicada.

Será necessário comparecer ao Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), da sua cidade. Normalmente, as informações podem ser encontradas nos sites das prefeituras.

Como dissemos, esta é a parte complicada, porque envolve comprovação de renda, cadastro familiar e algum tempo para concluir o processo.

Por outro lado, este cadastro se chama único, porque inclui todos os programas sociais em um só lugar e portanto, se sua família se enquadra, há uma boa chance de que já esteja cadastrada.

Neste caso, basta descobrir o NIS do responsável familiar, se cadastrar aqui e imprimir uma via da sua Identidade Jovem.

Para os que tem um smartphone, sequer é preciso imprimir. Basta baixar o aplicativo próprio na Google Play, para Android, ou na App Store, para iOS.

Feito isso, você já poderá começar a planejar como viajar barato pelo território nacional. Porque, claro, viagem não é apenas passagem e eventuais ingressos de eventos.

Por isso, temos uma última dica para você aproveitar as chances que a vida oferece.

Hospedagem e Outros Gastos

Viajar barato é uma arte que tem dois segredos básicos, pois, os maiores gastos além das passagens, são a alimentação e hospedagem.

Quanto a alimentação, a dica é fazer o que os locais fazem. Todas as cidades, mas, principalmente as grandes, como BH, possuem milhares de opções baratas.

Uma delas, certamente a mais em conta, é aproveitar a cozinha de onde for se hospedar e fazer suas próprias refeições.

Neste ponto, existem muitas formas de acomodação baratas, que disponibilizam acesso a cozinha. Você pode conferir algumas dicas a respeito, neste artigo sobre aluguel de quartos baratos.

Digamos que, por acaso, tenha se interessado por BH, a partir deste artigo. Que tal conhecer a Pampulha? Há muitos eventos culturais gratuitos por lá.

Para gastar pouco, neste caso, faz sentido escolher um bom Hostel, bem localizado e próximo dos eventos aos quais pretende comparecer.

Escolhendo um quarto compartilhado, você terá um preço acessível, com acesso a cozinha e de quebra, conhecerá muitas pessoas bacanas.

Ficou interessou?

Acesse o nosso site e veja a opção ideal para você. Fique a vontade para curtir nossa página no Facebook ou deixar seu email pra gente mantê-lo(a) informado de tudo que tem de legal por aqui.

Um grande abraço e até a próxima.